Planejando sua viagem à China

[See post in english]

Você está indo para a China a negócios, mas não quer perder a oportunidade de conhecer alguns pontos turísticos interessantes, em meio à agenda lotada. Por que não visitar o Buda gigante de Hong Kong, ou então os casinos de Macau?

Seja você expert em viajar garimpando oportunidades de negócios, ou está programando uma primeira aventura pela China, vale a pena rever essas dicas importantes. Com este, e futuros posts, espero trazer algumas informações úteis para os curiosos, ou aqueles que estão organizando sua agenda e pretendem tirar o maior proveito dessa viagem (cansativa).

Especialmente se você está indo para o Sul da China (região de Guangzhou, Shenzhen, Dongguan, Hong Kong, etc) não pode deixar de conferir essas dicas:

Divulgação

1- Organize a agenda de maneira estratégica

(a) Estude o mapa da China (sim, vejo muitos sêniors de viagem pecando neste quesito tão primário) e liste quais cidades você vai precisar visitar.

(b) Pesquise bem os horários de voos para decidir qual a rota que se adeque melhor para você.

(c) Faça as fábricas se adaptarem ao seu cronograma – na medida do possível. Se você não sabia, as fábricas têm muito mais interesse em recebê-lo do que você em visitá-los. Em alguns casos de empresas boas, eles irão fazer o possível para atender você, mesmo que o horário de sua visita não seja muito adequado. De maneira geral, os chineses recebem muito bem os estrangeiros viajando a negócios, e irão auxiliar um estrangeiro com bastante hospitalidade. Eles sabem que você não entende nada por aqui, e que apreciará ($$$) o auxílio.

2- Prepare um visto de 2 entradas

Essa dica é a estrela dourada que você vai colocar no seu cronograma! Sua viagem a negócios pode incluir um pouco de turismo e lazer em meio à agenda lotada. Principalmente se sua viagem for para o Sul da China, se tiver condições, peça um visto para a China com 2 entradas. Com isto, você pode entrar na China para visitar as feiras e fábricas e depois dar uma “voltinha” fora da China, nas zonas especiais de Hong Kong e Macau (ou até mesmo Taiwain). Com um visto de 2 entradas, você pode retornar para a China uma segunda vez e finalizar a visitas que conseguiu agendar com outras fábricas.

Já tirou o seu visto, e conseguiu apenas uma entrada? Nem toda esperança está perdida. Caso só tenha uma entrada, pode aproveitar da mesma maneira Hong Kong ou Macau! Basta passar por elas quando já não precisar mais pegar nenhum voo (ou qualquer outro compromisso) dentro da ChinaPlaneje!

3 – Moedas

Lembre-se de que as zonas especiais da China utilizam sistema monetário diferente do utilizado na China continental. Elas são mais desvalorizadas, por isso é bom você sempre levar uma porção da moeda local para utilizar lá. Procure pela melhor cotação, e considere trocar de USD para a moeda local, do que de RMB para a moeda local, uma vez que (às vezes) a taxa de perda na movimentação do RMB, é maior. Consulte as taxas de conversão do dia.

É a sua primeira visita à China? Primeiro contato com as fábricas? Está pensando se deve ou não vir sozinho? Quer saber mais sobre a feira de Guangzhou (Canton Fair)?

Então fique ligado nos próximos posts!

[See post in english]

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s