Tag Archives: propaganda

Win a prize in 2018

To celebrate with my over 700 followers on Instagram, my over 90 subscribers on youtube, my over 1000 friends on Facebook, I am now drawing a stylish purse to you!

https://www.instagram.com/brunapickler/

Follow me on my social media channels, specially my Instagram account, follow the steps and have the chance to win 😉

FREE! Win a free new purse to start the year in your best outfit. How to participate? 1️⃣ Follow me on Instagram 2️⃣ Comment on this post and tag 5 friends. ✅ If all the friends you tag follow the page, you are participating. 🏆 Draw will be done after 21st of February. Stay tuned and enjoy our content ☺️ ******** BRINDE! Ganhe uma nova bolsa de brinde para começar o ano no maior estilo. Como participar? 1️⃣ Me siga no Instagram 2️⃣ Comente neste post e marque 5 amigos. ✅ Se todos os amigos que você marcou passarem a seguir a página, você está participando. 🏆 Sorteio será realizado após o dia 21 de Fevereiro. Fique atento e aproveite nosso conteúdo☺️ #free #givaway #followme #brinde #sorteio #draw #luckydraw #getitnow

A post shared by Bruna Pickler (@brunapickler) on

 

Advertisements

2017 in photos

Reviewing all my digital photos of the year, I realized how much I changed, and how much God had blessed me. When we remember to let Jesus in, our troubles are solved.

Go through the photos and enjoy my overall balance of 2017.

Within this year I:

Worked in the University studio, and by the end of the year a total of 175 graduate students had passed under my apprentice supervision.

Went to Thailand for a short trip with my bestie ❤

Went to Brazil to see my family after over a year of skype calls. Spent my 27th birthday very close with the ones I love.

With some free time, and a heart still in pain and doubt, I had an amazing re-connection with my favorite sport, showjumping. In a few weeks went from scratch to jumping 1 meter high. Had a wisdom tooth removed in between the training. Yes, nothing could stop me.

Step in South Africa, being Africa the 4th continent I ever set feet.

Went back to follow up with the sport highlighted in the city I live, horse racing. And made even more friends, some of the best so far, I dare to say 😀

A visit in Shanghai with the Soft Tennis Club from University of Macau for cultural exchange with some of my finer friends.

Lost count on how many times I been to Shanghai, but in 2017 was the first time I went up the radio tower.

Saw Brazilian soccer team Grêmio win a championship in China, and I had close participation in collecting data for the team head.

Participated in the EU Macau Model 2017 where I gained so much knowledge in practice. One of the best experiences I had in the political sphere.

If it wasn’t enough, I competed in the official half-marathon of Macau. And, while some of my closest friends would tell me I couldn’t stand until the 5th Kilometer, I accomplished the whole course of 21 km with success. Running + walking, took me 2:30h. Super intense, but as well super addictive.

Had one of my besties leaving the country for good, and with that came a complete withdraw from parties.

The last two months of the year were amazing. Met new people and created real and strong relationships, crazy people who like to wake up as early as I: with the roosters, symbol of the year we leave now behind.

Guess Macau is not that bad after all. For more that I complain sometimes, I know that I will miss this land whenever the time comes that I need to leave…

Wishing 2018 be as good as ❤ Simple as.

 

Novo projeto para 2018

Comece a importar da China, ou adicione itens ao seu guarda-chuva de produtos.

Há mais de 5 anos no mercado de importação e exportação, inicio o ano de 2018 me colocando a disposição de forma independente para visitar feiras de negócios, para a sua empresa, seja ela pequena ou grande.

Será muito bom ter você por aqui, curta minha página no Facebook e entre em contato para mais informações.

https://www.facebook.com/plugins/page.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fbpinternationaltrade%2F&tabs=timeline&width=340&height=500&small_header=true&adapt_container_width=true&hide_cover=false&show_facepile=true&appId

Obrigada pela atenção, e nos vemos em 2018 🙂

Keep them coming!

Honestly, I don’t get it. How people can mix up so many things about the advertising world. I love TV, radio, computers, and not to say my baby Xbox. Music, shows, political critics and social media played through these devices. The fact that a platform can put back together people you knew when you were younger. So long time ago! And you still can meet people you never remember you knew in the past. This is so fantastic!

Well, the mix up part I refer to, is that is so simple to me to describe some things in Portuguese, but they are not true in English. Maybe is just my brain going nuts.

IMG_0663

At university level in Brazil, the bachelor in advertising kind of course is one that has the most number of people giving up during the course. They can not foreseen what is in the verge in front of them. When you complete it, seems like (to me) that the whole world split a channel. You are on a verge, and you just gained a new path. Difficult to retain the idea in English!

In Brazil is so spread out the idea of what a “publicitário” can make. But… in English, I am not so sure on how to explain. Please have a look online and let me know how you can help me describe such an amazing view of our world 😀

Novo projeto

Assim que coloquei o pé na estrada, iniciei um blog de nome Chinaposts. O intuito era de compartilhar tudo que eu vivia na China. Porém a minha experiência foi ficando cada vez mais ampla, e os conteúdos passaram a não ser mais apenas “China”.

Logo aproveitei o espaço para treinar a minha escrita em inglês, alterei o nome do blog e comecei a compartilhar conteúdo nos dois idiomas sobre temas variados. Por causa do difícil acesso aos conteúdos de servidores como blogspot ou wordpress na China e outos países, resolvi iniciar um projeto mais amplo, um blog que tivesse um maior alcance e que me permitisse compatilhar conteúdos de diversos temas. Surgiu assim o myvaranda.

Considerando todos os acessos, desde o Chinaposts, o blog já possui mais de 10.000 acessos! Isso me encoraja a continuar escrevendo e compartilhando com vocês minhas experiências e percepções, enfim, o que se passa na minha varanda…

Arquivo: brunaposts.blogspot.com

 

Por falar em propaganda…

Ruas estreitas, entupidas de banners, cartazes, outdoors, e quando a noite cai, essas se convertem em infinitas luzes, painéis piscantes, de LED, uma marca querendo aparecer por cima da outra, essa é a descrição de Hong Kong, e de muitas cidades na China. Toda vez que ando pelas ruas me pego pensando, como uma marca consegue se destacar no meio de tantas? Numa cidade com uma população tão numerosa, não é de se surpreender que ações de marketing e promoções de venda aconteçam por todos os cantos. Existem mídias muito interessantes nas ruas que dificilmente vemos no Brasil.

A verdade é que, por mais que uma marca tenha grande potencial de ser visualizada por diversas pessoas em uma cidade tão grande assim, é que a maioria das pessoas passa correndo, seja nas ruas, no metrô, no porto. A maioria nem vai reparar na sua propaganda devido à poluição visual. Vemos muitas pessoas distribuindo panfletos nas saídas de metrô, por exemplo. Em Hong Kong, como o povo é educado, você não vai ver os flyers pelo chão (e também porque há multa – para os turistas desavisados). Mas é aí que entram as verdadeiras ações de marketing, que vão fazer você realmente consumir e se lembrar de uma marca.

Num desses envolvimentos com ação de marca, estava a americana “Fresh” que possui pelo menos 6 lojas em Hong Kong. Quando passei pela rua, vi um caminhão muito estiloso parado (bem estilo Hongkongnês) e aproveitando o clima natalino, a marca estava convidando pessoas a entrarem no veículo e tentarem a sorte na roleta para concorrer a brindes. Por não ter uma “muvuca” de pessoas fazendo fila naquele instante, resolvi entrar lá para bisbilhotar.

Conheci a marca e acabei ganhando um brinde. Um creme facial clareador (asiáticos adoram uma pele branca). A decoração, a música e até o perfume no interior do caminhão me deram uma sensação muito agradável, e agregaram uma imagem muito positiva para uma marca que eu tinha acabado de conhecer. Além dos brindes a marca também estava distribuindo vale descontos na compra de qualquer produto em suas lojas.

O maior desafio é fazer alguém parar, na movimentada Hong Kong para conhecer um produto novo, ou participar de uma promoção. Dentro das estações de metrô, percebi uma outra comunicação muito curiosa. Há um grande fluxo de pessoas nos metrôs da China, e a maioria não tira os olhos do celular enquanto se movimenta pela estação. Com isso, as propagandas instaladas não têm o mesmo impacto, mas as mobile tem um muito maior. Em meio à multidão, estava eu descendo uma escada concentrada no celular, e uma comunicação me chamou a atenção de imediato. Não era um pop-up. Reparei que em determinado momento “pulou” uma tarja preta e amarela no vão entre o celular que eu estava olhando e minha barriga. A tarja estava no chão, ao final de um degrau e me chamou a atenção de imediato, e por impulso, reparei aonde eu estava pisando. O próximo degrau mudava o padrão de tamanho. Se não fosse essa tarja sinalizando “atenção” eu iria acabar descendo os degraus de uma maneira muito menos elegante 😉

Tenho a sensação de que Hong Kong é um ponto de encontro entre a tecnologia e a necessidade de criar propagandas e estratégias de marketing de impacto para ter uma comunicação eficaz. Sem dúvidas é uma referência para outros países.

Texto original publicado em Dezembro 2013